Os atacantes Arthur e Bruno Moraes marcaram os gols do Santa Cruz



Jogo Completo


Ficha do jogo:
Campeonato: Campeonato Brasileiro Série A – 23ª rodada
Jogo: Santa Cruz 2x2 Chapecoense
Data: 07/09/2016
Hora: 16:00
Local: Recife (PE)
Estádio: Arena de Pernambuco
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares: Lehi Sousa Silva (DF) e Lucas Torquato Guerra (DF)
Público: 12.265
Renda: R$ 230.510,00

SANTA CRUZ
Escalação: Tiago Cardoso; Léo Moura, Luan Peres, Danny Moraes e Allan Vieira; Uillian Correia, Jadson e João Paulo; Matías Pisano (Danilo Pires), Arthur (Wellington Silva) e Grafite (Bruno Moraes).
Técnico: Doriva
Gols: Arthur e Bruno Moraes
Cartões Amarelos: Luan Peres, Jadson, Danilo Pires e Wellington Silva
Cartão Vermelho: Luan Peres

CHAPECOENSE/SC
Escalação: Danilo; Gimenez (Sérgio Manoel), Willian Thiego, Filipe Machado e Dener Assunção; Josimar, Gil (Bruno Rangel), Cléber Santana e Arthur Maia (Ananias); Lucas Gomes e Kempes.
Técnico: Almir Domingues (auxiliar)
Gols: Kempes e Bruno Rangel
Cartões Amarelos: Arthur Maia, Josimar e Ananias



OBS: Todos os jogadores da Chapecoense que participaram deste jogo, faleceram no acidente aéreo do dia 28/11/2016, Voo 2933 da Lamia. 
https://pt.wikipedia.org/wiki/Voo_LaMia_2933


 Matéria do Jornal do Commércio do dia 30/11/2016.




Todas as Vozes homenageia mortos da tragédia com o avião da Chapecoense
Quadro "O Rádio Faz História" veicula trechos de áudios com o radialista Deva Pascovicci e os jornalistas Paulo Julio Clement e Victorino Chermont
Todas as Vozes
No AR em 29/11/2017 - 15:11


Este dia 29 de novembro marca o primeiro aniversário da maior tragédia aérea do esporte mundial: a queda do avião na qual viajava a delegação da Chapecoense para Medellin, na Colômbia, onde a equipe catarinense disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana de 2016 contra o Atlético Nacional. Ao todo, 71 pessoas morreram, entre tripulantes, atletas, membros da comissão técnica, jornalistas, radialistas e convidados que viajavam no voo. Milagrosamente, seis passageiros sobreviveram, sendo quatro brasileiros: o radialista Rafael Henzel e os atletas Follmann, Neto e Alan Ruschel, da Chapecoense.

Dentre os mortos, figuravam três profissionais dos canais Fox Sports especialmente homenageados nesta edição especial do quadro "O Rádio Faz História": Deva Pascovicci, radialista que iria narrar a partida para a emissora, e os jornalistas Paulo Julio Clement, que faria os comentários, e Victorino Chermont, responsável pelas reportagens. Acompanhe aqui o áudio do último registro transmitido dos três profissionais juntos, quando fizeram um flash ao vivo para a Fox Sports sobre a partida antes do embarque no Rio de Janeiro. Eles viajaram para São Paulo, onde se juntaram ao restante da delegação da Chapecoense que seguiu para Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, cidade na qual ocorreu o fatídico embarque no voo da companhia aérea LaMia.

Ouça também outros dois registros históricos: o posicionamento de atletas do Atlético Nacional da Colômbia logo após o acidente defendendo que o título da Copa Sul-Americana fosse entregue à equipe brasileira, o que de fato se concretizou dias depois; e a última entrevista concedida por Paulo Julio Clement, semanas antes da sua morte. Nela, o jornalista faz um balanço da sua vitoriosa carreira na TV Facha, das Faculdades Integradas Hélio Alonso, no Rio de Janeiro.

Ouça no player:


Lembranças do jogo:

0 comentários :